Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




crítica - Mad Max: Estrada da Fúria

por falarmd, em 19.05.15

76341_pt.jpg

 

Mad Max: Estrada da Fúria o novo filme de George Miller, que passados 30 anos volta ao universo de Mad max. A história deste filme é a seguinte: perseguido por um passado turbulento, Mad Max(Tom Hardy) acredita que a melhor forma de sobreviver é não depender de outros. Apesar disso, aceita juntar-se a um grupo de rebeldes liderado por Furiosa(Charlize Theron) que atravessa a Wasteland. O bando foge da Cidadela tiranizada por Immortan Joe, a quem algo insubstituível foi roubado. Exasperado com a perda, o Senhor da Guerra reúne o seu gangue letal e inicia uma impiedosa caçada. Apesar deste filme se chamar Mad Max, este filme tem como personagem principal e na qual gira a história a personagem de Charlize Theron que faz um desempenho extraordinário como furiosa  e domina completamente a acção e o próprio Mad Max. Max neste filme tem um papel inferior para quem tem o nome no filme. Dito isso, este filme é uma longa perseguição de carros por 2 horas que consegue  começar com forte acção e continuar nesse ritmo o restante do tempo. Visualmente estonteante e como disse anteriormente, cheio de acção, mas acção que é espectacular, frenética e linda de se ver. Se formos a ver, o filme não tem muita história nem desenvolvimento de personagens, mas ao mesmo tempo, a acção é uma personagem, os carros são uma personagem e de certa forma o desenvolver da acção consegue nos manter interessados e sem tirar os olhos do ecrã. Se gostam de filmes de acção este é uma obra prima, mas ao mesmo tempo não podemos escamotear as suas falhas. Como diz o titulo, estrada da fúria, este filme é uma longa perseguição e com muito pouca história. A personagem de Tom Hardy, e supostamente o herói do filme é subaproveitado sendo este filme principalmente de Charlize. Sei que estou a repetir muitos dos mesmos pontos mas não quero estragar o filme, este filme é feito para ser visto no cinema e não o posso recomendar mais, a não ser dizer que irei comprar o filme quando sair em DVD. Numa nota póstuma queria referi a prestação de Nicholas Holt que de certa forma é o coração deste filme e nas cenas que aparece é espectacular.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:18



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D