Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


479455_pt.jpg

O trailer era divertido e gosto dos protagonistas. Neste filme,desde há muito dedicados a proteger o planeta Terra da escória do universo, os Homens de Negro vão agora enfrentar a maior de todas as ameaças: um agente infiltrado na sua organização. Desta vez cabe ao agente H(Chris Hemsworth) e a recruta agente M(Tessa Thompson).

O filme não é mau, mas também não é bom, parece muito apressado. Sinceramente não chegamos a conhecer nenhumas das personagens principais, os vilões são inesquecíveis e o twist é previsível. Hemsworth e Thompson, não são maus, mas não tem muito para trabalhar , as piadas não funcionam muito bem mas a ação é boa. Aliás o que evita que o filme seja pior é o ritmo frenético dos acontecimentos e da ação. Porém apesar dos visuais serem interessantes, nunca sentimos nenhum sentido de urgência.  O destino do mundo está em jogo e estão constantemente a brincar. Acrescentaram um alienígena fofo e engraçado, mas que não faz nada no filme de importante. No final o filme é giro, mas para ver na tv, nunca senti nada pelo que estava a acontecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34


´Crítica - Creed 2

por falarmd, em 27.12.18

480530_pt.jpg

Adorei o primeiro e não estava à espera de nada, este é uma sequela. Neste filme, O peso-pesado Viktor Drago, filho de Ivan Drago(Dolph Lundgren), célebre rival de Rocky Balboa(Sylvester Stallone), vai enfrentar Adonis Creed(Michael B. Jordan) no ringue. A missão de Creed está longe de ser fácil, mas vai contar com uma ajuda importante: a experiência do velho Balboa.

O problema deste tipo de filmes é que são previsíveis, mas mesmo assim este consegue dar uma carga emocional que o destaca dos demais. As cenas de luta são boas, principalmente a final, porém é o desenrolar de emoções que nos mantêm presos. B. Jordan é muito bom no papel e tem o físico para apoiar, porém são os seus dramas pessoais e a sua decisão inicial que tornam o personagem muito mais interessante. Stallone continua em boa forma acrescentando um ar de tristeza ao filme mas também bom senso e uma paternidade que falta em Creed. Mesmo o adversário apesar de não muito elaborado mostra algumas nuances que nos fazem compreender as suas dificuldades. No final este filme cumpre com o prometido e é divertido ver no cinema.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:55


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D